quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Mamães Vamos Doar!

Postado por Val Rodrigues às 16:26 0 comentários Links para esta postagem
Meninas sei que muitas da comunidade sabem da minha situação e sabem como de certa forma isso é complicado, só de certa forma pois apesar de tudo sou muito feliz com amigos que posso contar e com minha família  pois sem tudo isso não conseguiria.
E por este motivo um dia estava pensando eu sou sempre ajudada  o que custa ajudar, pois  de certa forma isso me ajudou muito não to falando só do material mais do pessoal, pois não ha coisa mais gostosa e confortante do que você receber uma palavra de carinho e atenção num momento em que você esta precisando. e eu encontrei muito isso.
E isso me fez tomar coragem para tentar ajudar pessoas que eu não conheço mais sei que precisam de atenção e carinho e queria compartilhar com vocês isso,

4 canais para quem poder ajudar e gostar de ajudar. como ajudar? com roupas utensílios pagando um frete, com uma palavra de carinho e amor mas pra que esta corrente dê certo preciso da ajuda de vocês para que estes links sejam divulgados e mais pessoas saibam como ajudar. sei que é difícil mais as vezes nossas crianças pedem tanta coisa roupas brinquedos livros nossa tanta coisa que pra gente é pouco mais pra quem precisa é muito.

Ai você me pergunta como que você pode ajudar sem ter como Néya, simples eu tenho pouco sim moro numa casa simples sim e não trabalho mais a Nycolle tem 4 anos e tem roupinhas que já não cabem nela estas roupas sou fazer de tudo para doar quando aparecer alguém que precisa, os brinquedos também vou fazer o mesmo. Eu só não vou fazer doação de dinheiro até por que não tenho e acho que se o bebe e a criança esta precisando de roupas ou brinquedo e eu tiver como doar isso não vou dar dinheiro.
meninas e a nossos leitores quem poder ajudar ai esta meus links e quem poder ajudar também podendo entrar na equipe do blog e da comunidade me fala!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Açúcar para crianças: quando e quanto liberar?

Postado por Val Rodrigues às 18:10 0 comentários Links para esta postagem
Nem vilão nem mocinho. Em excesso, ele é, sim, prejudicial à saúde, mas uma quantidade moderada é indispensável ao organismo da criançada. Siga as orientações de especialistas e acerte na dose.
Açúcar para crianças

A partir de quando posso liberar alimentos com açúcar para meu filho?
O açúcar presente nas frutas pode e deve ser ofertado para seu bebê a partir do sexto mês de vida.
Já o açúcar refinado industrial, só após o primeiro ano de vida, porque predispõe à formação de cáries e altera o paladar da criança, que se acostuma facilmente com o sabor doce no suco, nos bolos, nos biscoitos...

É verdade que o açúcar deixa a criança mais agitada? Se sim, quais são os horários que devo evitar? 
Não há dados na literatura científica que comprovem esse efeito. O açúcar concentra muita energia e é rapidamente absorvido pelo organismo. No entanto, não existe uma relação estabelecida entre esse mecanismo e o aumento na agitação. O que pode acontecer é algo semelhante ao que ocorre quando um adulto come um doce e se sente feliz e eufórico. Nada excepcional.

O meu filho adora doce, mas eu fico preocupada em liberar e ele acabar ficando gordinho ou apresentar cáries. Como devo fazer?
O consumo excessivo de açúcar nos alimentos está diretamente relacionado à obesidade e ao surgimento de cáries, em qualquer fase da vida.
Procure acostumar seu pequeno com uma rotina alimentar saudável e adequada, incentivando o consumo de alimentos a cada três horas e respeitando as principais refeições.
Na hora dos lanchinhos, em intervalos entre as refeições, evite alimentos processados, como bolachas, bolos, balas etc. Dê preferência às frutas ou aos sanduíches naturais.

Qual a recomendação diária de açúcar recomendada, em porções? 
Seguindo a orientação da pirâmide alimentar, a criança deve consumir, no máximo, uma porção de açúcar ou doce por dia, o que corresponde a uma colher de sopa de açúcar refinado, achocolatado ou doce caseiro.

Há mães que, desde cedo, ensinam os filhos a consumir sucos e outros alimentos sem açúcar. Vale a pena investir nessa educação alimentar? A falta de açúcar é prejudicial?
É muito importante investir no consumo de frutas, sucos e outros alimentos sem açúcar ou mel.
Como a maioria dos alimentos possui açúcar natural, não há a necessidade de adicionar o artificial. Dessa forma, a criança aprende a apreciar os alimentos com uma quantidade de açúcar saudável.
Fontes: Abram Topczewski, especialista em neurologia infantil, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo Daniela Gomes, pediatra e nutróloga, de São Paulo Melissa Palmieri, pediatra do Hospital Villa-Lobos, em São Paulo Mariângela Schalka, odontopediatra de São Paulo 

sábado, 13 de agosto de 2011

Miss MAV 2011

Postado por Ssanylu às 12:49 0 comentários Links para esta postagem


Rita Paula

 

Mamães Amigas Vip Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare